9 de dezembro de 2010

Já faz algum tempo . ..


Nenhuma verdade me machuca . Nenhum motivo me corrói . Até se eu ficar só na vontade já não dói .Nenhuma doutrina me convence . Nenhuma resposta me satisfaz . Nem mesmo o tédio me surpreende mais . Mais eu sinto que eu tô viva , a cada banho de chuva que chega molhando meu corpo nu . Nenhum sofrimento me comove . Nenhum programa de distrai . Eu ouvi promessas & isso não ma atrai . E não há razão que me governe . Nenhuma lei prá me guiar . Eu tô exatamente aonde eu queria estar ! Mais eu sinto que eu tô viva a cada banho de chuva que chega molhando meu corpo .. a minha alma nem me lembro mais em que esquina se perdeu ou em que mundo se enfou ... 


Eu sempre digo que eu posso ter uma solidão medonha, mas sempre vai haver um vasinho de flores num canto. A gente pode enfeitar a amargura.”


Um comentário:

  1. Gostei desse também e penso que as experiências amadurecem...

    Parabéns!

    Abração de NINA

    ResponderExcluir